31 out 2013

Dica da Rô: PERDIDA

Boa tarde, gente!

Tudo bem?

Começo o post dizendo que estou muito feliz!
A Cá me informou que temos leitoras que estão lendo (haha) a última indicação: Belo Desastre. Gostaria que vocês me dissessem o que estão achando do livro, é muito bom ter um retorno e saber se estão curtindo, ou não… rsrs =D

Então, para não perder o fio da meada, quando eu li Belo Desastre saí que nem doida pesquisando livros do mesmo gênero. Eis que encontrei mais alguns.
Hoje indico um que eu também adorei!

1

Livro: Perdida
Autora: Carina Rissi

Eu já tinha visto esse livro na Saraiva e achei a capa linda de doer, então pesquisando vi que muita gente tinha gostado. Daí comprei o livro e descobri que a autora Carina Rissi é brasileira. E, gente, para quem tem certos preconceitos com livros e filmes brasileiros (tipo eu, de vez em quando), pode ler esse sem medo de ser feliz.

Ele é um Young Adult, assim como Belo Desastre, mas tem mais ficção na história. Vejam uma breve sinopse:

Sofia vive em uma metrópole e está acostumada com a modernidade e as facilidades que ela traz. É independente e tem pavor à mera menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são aqueles que os livros proporcionam. Após comprar um celular novo, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século dezenove, sem ter ideia de como voltar para casa – ou se isso sequer é possível. Enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de retornar ao tempo presente, ela é acolhida pela família Clarke. Com a ajuda do prestativo – e lindo – Ian Clarke, Sofia embarca numa busca frenética e acaba encontrando pistas que talvez possam ajudá-la a resolver esse mistério e voltar para sua tão amada vida moderna. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos… 

Então, eu li a sinopse e pensei: celular máquina do tempo? Século dezenove? – Já vi que não vem coisa boa. Mas que bom que as coisas estão aí para nos surpreender, né?!

Este com certeza é um livro que me surpreendeu. Eu estava com o pé atrás por se tratar de um livro de autoria brasileira (sorry!), e que tem uma máquina do tempo, e que se passa no século dezenove.

Mas, gente! Que gracinha de livro. Assim como em Belo Desastre, li Perdida em 2 dias. (duas noites de sono a menos na minha vida). A autora arrasou! Me identifiquei muito com Sofia: pose de durona, dá de independente, fala palavrão, é espontânea. E Ian é o tal do príncipe no cavalo branco que todas esperamos encontrar um dia (mas eles não existem, então vamos imaginá-los nos livros, né?!).

Não vou estender ainda mais o post. Só digo uma coisa: se você gosta de romance, leu Belo Desastre ou Easy, Perdida com certeza vai te agradar.

Espero que gostem da indicação.

Beijo, beijo!