02 maio 2013

Matemática da Moda

Já gastei muito dinheiro à toa comprando coisas que foram usadas uma ou duas vezes no máximo (e muita coisa que nem cheguei a usar). Eu ficava indignada, mas por impulso a situação acabava se repetindo. Mulher é atraída pelo preço que está na etiqueta (é fogo, viu!) e, muuuitas vezes, nem pensa se vai usar ou não a peça depois. E aquela peça que é atemporal (e que provavelmente vai permanecer muito tempo em nossos armários) costuma ser um pouco mais “salgadinha” e, por isso, muitas vezes a deixamos de lado. Por isso, criei duas categorias para minhas compras: investimento e modinha.

Pensem comigo:

matemática da moda

Há uns 7 anos eu comprei uma bota montaria e paguei R$450. Só fui aposentá-la este ano, mas ela estava inteirona ainda. Em uma outra que eu comprei na promoção, paguei R$70 e ela mal durou o inverno inteiro (começou a marcar MUITO as dobrinhas no “couro” e depois de um dia de sol, deu indícios de que iria descascar hehehe). Fazendo as contas, a primeira bota me custou R$65 por ano, em média. Já a segunda, custou R$70 e eu não consegui usá-la nem por um ano… 🙁

Eu sei que você deve estar pensando assim: “tudo bem, Camila, mas eu não sou filha do Eike Batista e não posso fazer investimento em todas as peças do meu armário”. rsrsrs Calma, meninas, não é isto que estou dizendo! O que importa é refletirmos antes de cada compra…

Roupas de modinha, que não sabemos se irão continuar em alta na estação ou ano seguinte, é aconselhável pagar um valor mais razoável. A tendência do comprimento mullet, por exemplo, ficou bem esquecida. Não que você esteja proibida de usar a sua, mas provavelmente deve estar chateada se tiver desembolsado um valor alto por ela…

No entanto, vez ou outra, é bom investir em uma peça que ficará por anos e anos com a gente, não é?

O que vocês pensam sobre o assunto? Quero saber a opinião de vocês…

Beijinhos,

Camila

 

 

  • Samanta Nogueira

    HAHAHAHAHa amigaa estava falando a respeito disso com a Marih hj..
    na verdade num era nem tanto a questao custo beneficio, era mais sobre “compramos roupas pelo preço, ou por termos gostado na hr e tals, e acabamos entupindo nossos armarios com um tipo unico de roupa e quando chega uma outra ocasiao nao temos nenhuma peça e ai entra a famosa frase EU NAO TENHO ROUPA”.. Preciso direcionar melhor as minhas compras, se a peça é bonita e barata porem ja tenho algo semelhante investir numa outra coisa que estou precisando muito mais..
    Sobre mullet kkkkkkkkkkkkk, liguei hj na costureira pedindo pra cortar uma camisa (comprimento mullet e eu nao consigo mais usar, vou cortar o “rabinho” que ai uso mais..)..
    Seu blog como sempre interativo e dado dicas otimas, ameeii..

    beijooos

    • Pois é, sempre acabamos com várias peças semelhantes no armário e outras que continuam com a etiqueta eternamente rsrsrs Mandei passar a tesoura na minha mullet hahahahaha
      Obrigada pelo elogio, ameei!!! Faço com muito carinho 😉
      Beijããooo

  • Andrea Baggio

    Cá, já conversamos várias e várias vezes desse assunto e, concordo plenamente com o seu pensamento: tem peças que vale a pena o investimento e, outras nem tanto. Outro ponto importante é pensar o seguinte pra peças de modinha: “será que realmente eu vou usar? e, se usar, quantas vezes serão?” Porque gastar só para falar que “tá moda” ou “eu tenho” e nunca usar, é rasgar dinheiro.
    Hoje eu sou mais realista, só compro peças que tenho muita certeza que eu vou usar, pq pensar que já dei embora roupas/calçados na etiqueta/caixa é dureza, snif snif.
    ADOREI O POST!
    beijocas!

    • Eu ainda estou trabalhando o meu consumismo, mas com certeza estou fazendo compras melhores e aprendi a não ficar esperando a ocasião certa para usar o que eu compro – uso quando quero, de preferência o mais rápido possível! hahahaha
      beijinhoossss, obrigada 😉

  • Ana Camila

    Concordo plenamente com você!!! Também costumo fazer essa comparação….mas nunca tinha pensado nessa sua “equação”, ADOREI ´sempre pensei assim nas minhas compritchas kkkkkkk!!!Bjoooo
    Ps.: vc tá muitooooooo sumida!!!! =)

    • rsrs Mt bom, né? Eu sempre uso esta fórmula rsrsrs ;****

      ps: tô sumida nããoo rsrsrsrs

  • Marília

    Eu já pensei tanto nisso, mas eu sou COMPULSIVA por natureza, quero ser tanto a dona Helô que devo ter a mesma doença que ela (ai que horror ;x), mas é, eu compro por ser barato, eu compro por ser caro, eu compro por durar muito e por durar pouco ;x
    Ó e agora quem poderá me ajudar!? uHAIuHAhIA
    Preciso de tratamento.. mas amiga é bem isso q vc falou né, as vezes o barato sai caro!!!

    • rsrsrs como vc é exagerada, amiiga! hahahahaha Às vezes saimos comprando tudo o que vemos pela frente e ficamos com o armário cheio, mas não das coisas que precisamos 🙁 Eu te entendo rsrsrsrs

  • Taís Kamozaki

    Achei o máaaaaaaximo essa fórmula. Usei na minha última compra. E olha que foi de desodorante hahahahahahahaha. Beijos!

    • kkkk mt bom, né? sempre aplico a fórmula pra não sair comprando por impulso ou fazer compras erradas rsrsrs Beijãão