02 abr 2014

Qual a diferença entre o peso dos músculos e o da gordura?

O blog existe há pouco mais de um ano e este período serviu de laboratório para eu saber quais são os assuntos preferidos de vocês. Um deles, com certeza, é saúde. Sei que vocês adoram quando coloco receitinhas fit e quando falo do meu #projetocasamento. Ter um estilo de vida mais saudável é objetivo da maioria das mulheres hoje em dia. Eu comecei a levar o assunto a sério este ano. Procurei a Vânia, nutricionista da Pró Saúde, e comecei a seguir uma alimentação mais balanceada. Exercícios eu já fazia, o que faltava mesmo era vergonha na cara e atitude! kkkkkk

Segunda-feira tive retorno com a Vânia e fiquei um pouco chateada quando pesei e vi que tinha “engordado” quase 2Kg. Só depois de tirar minhas medidas e descobrir que baixei de 18 a 16% de gordura é que fiquei satisfeita. Mulher tem mania de ficar neurótica com balança e, pra quem treina pesado e tem uma alimentação rica em proteínas, a avaliação dos resultados deve ser feita de outra forma. Pedi para Vânia escrever sobre o assunto aqui no blog e adorei o texto que ela me mandou:

peso

A DIFERENÇA ENTRE EMAGRECER E PERDER PESO

“Afinal, quem pesa mais: a gordinha ou a mulher forte, com músculos bem definidos? Antes da resposta vamos entender a diferença entre emagrecer e perder peso.

Há, na mídia, uma proliferação de dietas que prometem milagres. O principal desejo entre os adeptos é diminuir o ponteiro da balança, mas normalmente essas dietas fazem com que exista uma perda de peso bruto, normalmente perde-se água, massa muscular e também gordura; mas se perdemos mais água será facilmente recuperada se houver uma boa hidratação, agora, se a perda for mais de massa muscular, haverá prejuízo duplo, pois demorará mais tempo para ganhá-la novamente e é ela a responsável pelo nosso maior ou menor gasto calórico, principalmente no repouso.

E o emagrecimento pode acontecer sem mover o ponteiro da balança, as pessoas esquecem que a atividade física também fortalece e aumenta a massa muscular, e que ela pesa. A boa notícia: é possível perder medidas sem perder peso e ainda ficar com o corpo mais durinho.

A balança não é o único parâmetro, nem o melhor, para medir resultados e benefícios que a atividade física traz ao corpo, principalmente àqueles que desejam diminuir medidas, pois vendo apenas pela balança, não sabemos a qualidade do que foi perdido. Ao praticar uma atividade física, normalmente você ganha massa magra e perde gordura. Com isso, aumenta a quantidade de células musculares do organismo, que são mais densas (pesadas) do que as de gordura (que são mais leves, mas ocupam maior espaço) podendo até fazer o ponteiro da balança subir.

Bom, acho que a resposta de quem pesa mais já está bem discutida, não devemos pensar apenas no peso da balança, e sim em um conjunto de peso e medidas corporais que vão poder mostrar a realidade da porcentagem de massa magra e de gordura corporal. Estamos entendidos? Se você está treinando direitinho, fazendo exercício físico com um bom educador físico e tem uma alimentação balanceada, acompanhada pelo nutricionista, se desprenda um pouco da balança, se olhe no espelho e sinta as mudanças.”

E então, gostaram da explicação da Vânia? Levei um mini sermão quando surtei com o peso na balança e achei que vocês iriam gostar deste post aqui no blog. Esta foto abaixo (diferença entre 1kg de músculo e 1kg de gordura) ilustra tudo o que a Vânia explicou:

musculo-e-gordura

Chocante, né? 😮

Quem quiser saber mais sobre o assunto ou agendar uma consulta com a Vânia, o telefone dela é o (17) 99164-4172. 

Quem aí fica (ou ficava) bitolada com balança tanto quanto eu?

Beijos,

Camila

  • Marília Dominical

    Amiga, eu adoro subir na balança e ver aquele ponteirinho descer, me sinto tao aliviada que penso ate que posso comer um doce kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Estou tentando nao pensar tanto mais e animar com as gorduras magras… mas ta dificil.
    Adorei esse post.
    Beijos

    • rsrsrs Eu também estranhei e continuo dando chilique com a balança, mas procuro nem pesar mais. Só fico sabendo quando faço a avaliação com a Vânia… rsrsrs

  • Millena Oliveira

    Muito instrutivo o post!! 😉
    Eu tb não resisto a uma balança! Kkkkkk Realmente, temos essa visão de que ela é a única que mede nossa saúde corporal, mas é um grande equívoco. Por isso, não curtia musculação; hoje, penso totalmente diferente. 😉

    Bjãoo, Caa!

    • A gente vai se acostumando, né? Lembra que te falei? rsrsrs

      Beijoss ♥♥